25.6.17

deus, se existires, perdoa-me pelo que desejo a esta gente. 

DN

Publico

4 comentários:

  1. Não há limites para a maldade dos homens.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. tudo para que a diversão nunca falte.

      Eliminar
    2. Diversão??? Isto é maldade pura.

      Eliminar
    3. claro que é maldade pura. que gente é aquela, pergunto-me eu?

      Eliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.